Resenha #18 - Essa Garota (Slammed 3)

A História




Essa Garota é o relato dos primeiros dias de casado de Will e Layken.

Durante a Lua de mel, Layken quer conhecer um pouco melhor o passado do seu marido inclusive os sentimentos dele quando a conheceu.


"Ela apareceu do nada, em pé bem na minha frente,
na beirada daquele penhasco. Ela baixou o olhar, 
com os olhos tristes que tinham um milhão de
quilômetros de profundidade...
e sorriu para mim.
Essa garota sorriu para mim.
Foi um olhar que atravessou meu âmago e perfurou
meu coração como se fosse um milhão de flechas de 
cupido,
Uma em cima da outra, em cima da outra,
em cima da outra
Bem...
no meu...
coração..." 
(Pág: 114)

Dessa forma, temos a versão de Will para os fatos relatados por Layken em Métrica. O fato é: Layken vai descobrir coisas que não sabia e que ela pode não gostar muito.

Minha Leitura

Vocês sabem bem que Métrica foi um baita de um livro e que Pausa, sua continuação não ficou muito atrás. Mas sem dúvida, Essa Garota retoma os acontecimentos de Métrica e só por isso acaba se tornando melhor que o seu antecessor.

Em plena Lua de Mel, Layken quer saber sobre os sentimentos de Will nos primeiros meses de relacionamento. E sem dúvida, essa é uma tacada de mestre da autora, pois ao mesmo tempo em que ela explica fatos narrados em Pausa e que não tomamos conhecimento em Métrica, ela também dá a outra versão dos fatos, o que nos deixa com a sensação de completude, pois passamos a conhecer a história de Will e Layken pelos dois lados.

"Não sou daqueles que acreditam que só exista uma pessoa certa no mundo. Mas o fato de Lake mexer tanto comigo, mesmo quando não está por perto, faz com que eu sinta que ela é a pessoa mais certa para mim." (Pág: 138)

De fato, algumas coisas que ficamos sabendo não são tão favoráveis a Will, mas de toda forma, o amor prevalece e esse o sentimento que permeia toda a narrativa. Conhecemos melhor os sentimentos de Will e passamos a entender suas ações. Em suma, o que era hipótese em Métrica, se confirma com Essa Garota.

A escrita da autora mantém o padrão do livro anterior e a qualidade da trilogia. Com uma escrita fácil e fluente, Colleen nos permite avançarmos na leitura rapidamente.

Ler Essa Garota é quase como reler Métrica. Assim os sentimentos são praticamente os mesmos. Com uma diferença: algumas atitudes de Will em Métrica nos causavam raiva, e aqui entendemos sua motivação para agir daquela forma. Os motivos que nos deixam com raiva aqui são outros e que não tomamos conhecimento em Métrica.

"Beijo-a da maneira como quero beijá-la desde o instante em que percebi que éramos perfeitos juntos. Que fazia sentido nós dois juntos. Beijo-a me entregando por completo, sabendo que nunca mais vou ter de me separar dela. Beijo-a sabendo que este não é nosso último beijo. Nem nosso melhor beijo. Beijo-a sabendo que este beijo é nosso começo, e não mais uma despedida" (Pág: 287)

Nem preciso falar da poesia não é mesmo? Desde o começo sempre deixei claro o quanto essa combinação prosa e poesia me deixa satisfeito. Além disso, o último poema do livro é lindo e traduz muito bem tudo o que a história nos mostrou. Como não amar?

Portanto, posso concluir que Essa Garota é uma leitura que vale ser feita e que é também uma leitura que finaliza a trilogia deixando uma sensação de envolvimento, pois é aqui e somente aqui que entendemos os sentimentos de Will em relação a Layken, sendo que os sentimentos desta já foram expostos em Métrica. 

Resumindo, embora não tenha gostado muito de uma continuação para a história, Essa Garota me faz acreditar que a autora fez a coisa certa e da melhor forma possível.

Apareceram nessa postagem:

#Métrica - #Pausa 


Título: Essa Garota (Slammed 3)
Autor: Colleen Hoover
Editora: Galera
Páginas: 332
Nota: 5/5

Por favor, compartilhe!

  • Share to Facebook
  • Share to Twitter
  • Share to Google+
  • Share to Stumble Upon
  • Share to Evernote
  • Share to Blogger
  • Share to Email
  • Share to Yahoo Messenger
  • More...

2 comentários :

  1. Oi Raimundo!
    Parabéns pela resenha.
    Gostei do livro também, mas apesar de relembrar Métrica, Métrica é meu preferido ♥
    O bom desse livro é realmente conhecer os sentimentos de Will e saber de novos fatos. E a alternância entre presente e passado torna a leitura mais dinâmica.
    O ultimo poema é lindo mesmo encerrando de forma perfeita a série.

    bj
    =)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Adrielle!

      Como assim não tinha visto seu comentário antes? rsrsrs

      Também adorei essa mudança no foco narrativo, foi simplesmente maravilhoso conhecer os sentimentos de Will.

      Beijos!

      Excluir

Olá!

É sempre um prazer receber sua visita e comentário. Responderemos a sua mensagem logo que possível. Obrigado e Volte sempre! :D

Scroll to top